ok

URGENT! Know the well being harm attributable to the progressive brush's formaldehyde!



Straightening and softening hair is the dream of every woman, who always wants to be beautiful. To achieve this goal, clients go to great lengths, but the dream can become a nightmare. Therefore, every care is little to maintain the beauty of the wires without damaging them.

This was one of the reasons that put the progressive brush under suspicion and contributed to this hair treatment being condemned by Anvisa (National Health Surveillance Agency), for containing formaldehyde, which causes damage to health.

See in this interview the opinion of experts on the subject and new alternatives to make hair smoother and smoother, without harming your health.

Personalities, health experts from all areas, cooking, handicrafts, articles on the most diverse subjects, always aiming at the quality of life of Brazilian families, you see in "Vida Melhor", with the presenter Cláudia Tenório.

"Vida Melhor" is live, from Monday to Friday for the whole country.

But if you missed any program do not worry! Review what was featured in our video gallery here on YouTube! www.youtube.com/pgmvidamelhor

You can also participate by email, write to vidamelhor@redevida.com.br

Don't forget, 12:30 pm Claudia is waiting for you live at Vida Melhor! REDEVIDA, The Family Channel.

Tune in: www.redevida.com.br/cobertura.asp

www.redevida.com.br/programa/vidamelhor
www.claudiatenorio.blogspot.com.br
www.claudiatenorio.com.br

Program aired on 08/20/12

source

Related Articles

38 Comments

  1. Sou cabeleireira a 5 Anos apenas e já sinto falta de ar dor no peito no Abdômen e fico muito roca e tossino quando atendo as clientes tanto com formol como a base de ácidos….fiz ultra som e o médico disse que eu não tenho nada na barriga

  2. Olá meu nome é Ângela e eu uso o hene Divina Dama preto médio gostaria de saber se com o uso dessa química trás algum problema de saúde tanto quanto a progressiva.

    Sei que uns dos componentes mais concentrado do hene é o piragalou. Você poderia me explicar se a algum risco para a saúde por favor, estou no aguardo.😙

  3. EU ESTOU PROIBIDA PELA MINHA MÉDICA DE USAR QUALQUER PROCEDIMENTO QUE TENHA FORMOL, EU QUEIMEI O COURO CABELUDO TODO DA MINHA CABEÇA A PARTE DO ROSTO INFECCIONOL A CABEÇA FICOU CHEIA DE FERIDA O ROSTO NUNCA MAIS EU USO ESSA PORCARIA

  4. Na minha opinião quando se tem um produto de qualidade e a pessoa sabe fazer uma aplicação adequada, não tem problemas! Sou cabeleireiro utilizo a ZAP, ela tem registro na Anvisa, nunca tive nenhum problema com ela!

  5. Não adianta, quando a pessoa coloca toda a autoestima dela em cima do cabelo, podem ate dizer que formol mata que ela nao vai parar, foi assim comigo eu usei isso por 4 anos e eu vivia com problemas cardíacos, não foi comprovado que era pelo formol, o procedimento demorava 6 horas… era uma verdadeira tortura além dos olhos arderem, a cabeça ardia, uma vez cheguei a chorar enquanto o cabeleireiro tava fazendo escova, pois a raiz tava muuuito sensível e o quente do secador..l eu quase morri de dor, mas eu aguentava tudo, só pra ter o cabelo liso, e 2 meses depois tava aquela bosta de novo… não aguentava mais aquela situação pagava 300 fucking reais pra me matar aos poucos, hoje faz 2 anos que não uso e me sinto maravilhosamente bem em relação á saúde, mas ainda tenho medo do futuro pois sei que as consequências vem depois .

  6. Mas amônia é bem pior garanto ela acaba com cabelo e nao e compatível com nenhuma química a guanidina nem se fala o cabelo fica duro o formol é o melhor entre esses na medida correta, agora se ele faz mal a saúde já nao sei.

  7. existe uma coisa chamada,compatibilidade quimica ,cabelos com hidroxido de guanidina e tioglicolato de amonia ,não são compativeis com progressiva sem conservantes , "formol" ,se proibir o formol estariam criando danos a varias mulheres,o lifit tem agentes redutores que é icompativel a relaxamento ,sabendo que muitos cabelos rebeldes que não alisam com o relaxamento mas sim com alisamento e a progressiva juntas , como fazer se os cabelos não alisão o suficiente ? passo o sem formol e fico careca,deixo as clientes carecas tambem ? moda careca isso? pf ,indiquem uma forma de alisar que vá fica liso perfeito ! uma reportagem falando sobre isso ajudaria e muito .

  8. sou cabeleireira, há 3 anos e comecei a sentir muita dificuldade para respirar e dores no peito,muita tosse aí fiz o teste parei uns dias de mexer com formol fiquei bem,gostei muito desse video pois é muito importante alertar sobre esse perigo que é o formol

  9. sou cabeleireiro e químico a 14 anos minha especialista em escova progressiva com formol não vejo problema do uso do formol para alisa os cabelos desde que o produto for formulado por um químico ou profissional da área da química na minha opinião em vês da proibição deveria ser trabalhado formulas de orientação para seu uso sobre o comentário feito este vídeo e só mascara de oxigênio inibi o gás provocado pelo aquecimento do formol esta equivocado pois o formol e um componente organizo e hoje no mercado tem mascara de proteção facial contras gás orgânico custa em media R$ 350.00 reais e neste vídeo da para ver que claramente que e mais um vídeo que visa a propaganda de uma marca

  10. Nossa, que cômico o relato desta apresentadora e a frase final "vc foi feita com harmonia para ser o q vc é"… E A SENHORA??? POR QUAL RAZÃO ALISA TANTO ESSE CABELO ENTÃO???

    O cabelo da mulher é esticado do tipo bem forçado, diga-se de passagem é até duro de tanto alisamento e vem querer dar lição de moral nas demais mulheres que possuem cabelos crespos como os dela???

    Cara senhora, a sabedoria é uma dádiva… no entanto, saiba ela que o bom samaritano tem q ser puro de alma e limpo de mão……logo, por ser totalmente "esticada" (mais do que alisada de tão crespo que é o seu cabelo natural), a senhora não serve de exemplo para as demais mulheres de cabelos crespos!!!! Coitada desta mulher….. kkkkkkkkkkkkkk

  11. Anodização: Processo para criar um filme de óxido sobre certo metais por meio de um banho eletrolítico, etc… Este processo tem como finalidade proteger alguns metais, das duras condições atmosféricas. 
    E é exatamente o que ocorre com o processo da progressiva, o fio é coberto por uma película que dependendo da porosidade da fibra, acaba deixando as madeixas com aspecto de liso, facilitando na arrumação das mesmas. 

                                              Comparativo Hidróxido x Formol. 
    Hidróxido: 

    – Os hidróxidos conseguem um bom alisamento, normalmente é utilizado para processar os cabelos negroide, este processo queimam de 30% a 60% das pontes de dissulfeto (S2), e esta queima fragiliza a fibra capilar. Após a transformação recomenda-se fazer de uma a três seções de reconstrução com produtos a base de queratina (quantidade de aplicações depende da qualidade da queratina) para fortalecer o córtex. 
    – Antes de aplicar alisantes a base de hidróxido é necessário efetuar um teste de mecha e de sensibilidade ao principio ativo, depois dos testes é necessário aplicar um protetor no couro cabeludo e o contorno do rosto. 
    – A cabeça deve ser dividida em quadrante… 
    Estas informações todos os cabeleireiros sabem ou deveriam saber, mas muitos não seguem este procedimento e também não respeitando o tempo limite da aplicação do produto, onde muitas vezes acaba ocorrendo o rompimento da fibra, podendo ainda gerar queimadura de terceiro grau.  E no retoque das mechas dependendo da técnica utilizada também ira gerar uma quebra nos fios, sem falar da técnica da escova e temperatura da prancha, todos estes fatores podem prejudicar a fibra capilar, só que nos casos acima ninguém culpa o produto utilizado, mas sim o profissional que efetuou o trabalho. 

    Formol: 

    O formol não tem poder de alisar as madeixas e também não muda a estrutura do fio, ele apenas cria uma película que contribui para manter a fibra esticada e causa uma falsa impressão de recuperação do fio, que vira a quebrar no futuro pela falta de cuidados e não pelo efeito do formol; quanto à aplicação e necessário tomar alguns cuidados, como por exemplo, não adicionar mais formol no produto industrializado, não encostar o produto no couro cabeludo, deixar a pausa necessária, respeitar a temperatura máxima que a fibra suporta; efetuar o teste de sensibilidade, não aplicar em gravidas, não aplicar em criança.
    Esta não é uma apologia ao formol, porque de fato o formol pode até causar câncer pelo efeito acumulativo, mas quanto tempo este processo leva para se desenvolver, em um grupo de 100 profissionais cabeleireiros quantos iriam desenvolver esta anomalia celular, e qual o motivo que leva a ANVISA a não informar a existência de EPI para acabar com os malefícios gerados pelo gás liberado pelas escovas progressivas. Quanto às queimaduras mostradas em algumas consumidoras finais, será que foi ocasionada pelo formol de fato, ou foi por uma base alisante, onde o pH esta muito próximo ao 14 e com uma grande facilidade de gerar queimadura, aliado a mão de um profissional não gabaritado que depois aplicou o formol, pratica muito comum nos salões, e que por falta de informação e de pesquisa verdadeira ou ainda por interesses escusos, acabam pondo a culpa no formol. Este é apenas um questionamento, pois, estamos vivendo um momento de grande sofisma na área de cosmetologia, já não é tempo de termos uma postura mais Socrática. Quantos profissionais cabeleireiros tiveram que parar de trabalhar na área por ter desenvolvido sensibilidade aos princípios ativos existente no passado, em uma época que o formol ainda não existia. 
    – Lembrando ainda que tioglicolato de amônia também sensibiliza o cabelo, também existem pessoas sensíveis ao principio, também se aplicado sem a técnica correta irá gerar quebra química, também necessita de tratamento após aplicação. 

    E no que tange a coloração a base de acetado de chumbo, será que todas obedecem ao limite de 0,6% (p/v). 
    Qual é a informação que obtemos ao consultar empresas que produzem ou fornecem Amino Metil Propanol (AMP), reverente aos cuidados que devem ser tomados na utilização do mesmo, além dos malefícios que este principio ativo pode causar. 

    Mas a minha indignação maior e quanto à matéria que algumas empresas estão fazendo de forma um tanto quanto superficial e maldosa, com intuito de denigrir e enganar os profissionais da área da beleza e as consumidoras finais quanto à utilização do melhor principio ativo da atualidade o ácido glioxílico, compara-lo ao formol ou comparar os vendedores e profissionais que utilizam produtos formulados com este principio ativo como traficantes de droga, e ainda sem nenhuma ética criticar um profissional conceituado apenas por indicar o que há de melhor na linha profissional para reduzir volume e substituir um produto que já foi muito criticado através de uma única verdade e muitas mentiras ou pelo menos opiniões formadas por um grande achismo ou ainda com uma grande dose de sofismo.
    Recolher este comentário

  12. Anodização: Processo para criar um filme de óxido sobre certo metais por meio de um banho eletrolítico, etc… Este processo tem como finalidade proteger alguns metais, das duras condições atmosféricas.
    E é exatamente o que ocorre com o processo da progressiva, o fio é coberto por uma película que dependendo da porosidade da fibra, acaba deixando as madeixas com aspecto de liso, facilitando na arrumação das mesmas.

                                              Comparativo Hidróxido x Formol.
    Hidróxido:

    – Os hidróxidos conseguem um bom alisamento, normalmente é utilizado para processar os cabelos negroide, este processo queimam de 30% a 60% das pontes de dissulfeto (S2), e esta queima fragiliza a fibra capilar. Após a transformação recomenda-se fazer de uma a três seções de reconstrução com produtos a base de queratina (quantidade de aplicações depende da qualidade da queratina) para fortalecer o córtex.
    – Antes de aplicar alisantes a base de hidróxido é necessário efetuar um teste de mecha e de sensibilidade ao principio ativo, depois dos testes é necessário aplicar um protetor no couro cabeludo e o contorno do rosto.
    – A cabeça deve ser dividida em quadrante…
    Estas informações todos os cabeleireiros sabem ou deveriam saber, mas muitos não seguem este procedimento e também não respeitando o tempo limite da aplicação do produto, onde muitas vezes acaba ocorrendo o rompimento da fibra, podendo ainda gerar queimadura de terceiro grau.  E no retoque das mechas dependendo da técnica utilizada também ira gerar uma quebra nos fios, sem falar da técnica da escova e temperatura da prancha, todos estes fatores podem prejudicar a fibra capilar, só que nos casos acima ninguém culpa o produto utilizado, mas sim o profissional que efetuou o trabalho.

    Formol:

    O formol não tem poder de alisar as madeixas e também não muda a estrutura do fio, ele apenas cria uma película que contribui para manter a fibra esticada e causa uma falsa impressão de recuperação do fio, que vira a quebrar no futuro pela falta de cuidados e não pelo efeito do formol; quanto à aplicação e necessário tomar alguns cuidados, como por exemplo, não adicionar mais formol no produto industrializado, não encostar o produto no couro cabeludo, deixar a pausa necessária, respeitar a temperatura máxima que a fibra suporta; efetuar o teste de sensibilidade, não aplicar em gravidas, não aplicar em criança.
    Esta não é uma apologia ao formol, porque de fato o formol pode até causar câncer pelo efeito acumulativo, mas quanto tempo este processo leva para se desenvolver, em um grupo de 100 profissionais cabeleireiros quantos iriam desenvolver esta anomalia celular, e qual o motivo que leva a ANVISA a não informar a existência de EPI para acabar com os malefícios gerados pelo gás liberado pelas escovas progressivas. Quanto às queimaduras mostradas em algumas consumidoras finais, será que foi ocasionada pelo formol de fato, ou foi por uma base alisante, onde o pH esta muito próximo ao 14 e com uma grande facilidade de gerar queimadura, aliado a mão de um profissional não gabaritado que depois aplicou o formol, pratica muito comum nos salões, e que por falta de informação e de pesquisa verdadeira ou ainda por interesses escusos, acabam pondo a culpa no formol. Este é apenas um questionamento, pois, estamos vivendo um momento de grande sofisma na área de cosmetologia, já não é tempo de termos uma postura mais Socrática. Quantos profissionais cabeleireiros tiveram que parar de trabalhar na área por ter desenvolvido sensibilidade aos princípios ativos existente no passado, em uma época que o formol ainda não existia.
    – Lembrando ainda que tioglicolato de amônia também sensibiliza o cabelo, também existem pessoas sensíveis ao principio, também se aplicado sem a técnica correta irá gerar quebra química, também necessita de tratamento após aplicação.

    E no que tange a coloração a base de acetado de chumbo, será que todas obedecem ao limite de 0,6% (p/v).
    Qual é a informação que obtemos ao consultar empresas que produzem ou fornecem Amino Metil Propanol (AMP), reverente aos cuidados que devem ser tomados na utilização do mesmo, além dos malefícios que este principio ativo pode causar.

    Mas a minha indignação maior e quanto à matéria que algumas empresas estão fazendo de forma um tanto quanto superficial e maldosa, com intuito de denigrir e enganar os profissionais da área da beleza e as consumidoras finais quanto à utilização do melhor principio ativo da atualidade o ácido glioxílico, compara-lo ao formol ou comparar os vendedores e profissionais que utilizam produtos formulados com este principio ativo como traficantes de droga, e ainda sem nenhuma ética criticar um profissional conceituado apenas por indicar o que há de melhor na linha profissional para reduzir volume e substituir um produto que já foi muito criticado através de uma única verdade e muitas mentiras ou pelo menos opiniões formadas por um grande achismo ou ainda com uma grande dose de sofismo.

  13. e lembrem se cabelo. e um grupo de celulas mortas descartada pelo organismo. cabelo nao e vivo. entao nao tem como morre. e oq vai no cabelo nao entra na corrente sanguinea. entao lembrem se faz mais mal para qm ta aplicando. entao luvas mascaras e nao encostar produto na cabeca do clente. e dar meses de pausa ta tranquilo.

  14. procure um bom profissional. ou opte por progressivas sem formol a base de carbosisteina ou etc e oq mais tem hoje no mercado. inovacoes. esses relaxamentos de hidroxido de lithiun guanidina e tioglicolato de amonia. mudam a estrutura capilar. mechem com a cistina do cabelo. isso nem sempre e bom. e as vezes da uns aspecto alisado ridiculo. vai por mim. existem otimos produtos como BSK na Doux Clair e portier q vao adoram e nao sao tao prejudiciais usadas com cautela.

  15. balela ! vcs forcao a barr em ! progressiva faz mal faz sim claro. mas hoje com os avancos capilares. as progressivas estao mais suaves e nao sao tao prejudiciais assim. como vcs estao dizendo faz mais mal ao profissional do q para o cliente. 0,02 % suave de formol.nao e inofensiva mais tbm nao vamos forsar a barra igual diz os locoes ai. sou profissional a 6 anos. e nao vale a pena substituir a otima progressiva por esses relaxamentos citados pela reporter sem nocao e pelo cabelereiro bundao.

Leave a Reply

Back to top button
Close